FAMÍLIA E CATEQUESE

5
A catequese é uma atividade que faz parte da própria natureza da Igreja, desde o inicio de sua ação evangelizadora até os nossos dias, em qualquer parte do mundo.

E hoje os trabalhos catequéticos nascem porque os pais querem, por um lado, permanecer implicados na educação da fé de seus filhos - ao tempo em que, quanto Igreja - agir coletivamente para um desenvolvimento planejamento de sua personalidade rumo a vivência cristã.

A responsabilidade das famílias, a parceria com a família, é ao mesmo tempo fonte de formação e de desenvolvimento dos trabalhos da dimensão catequética, tendo o catequista como co-animador, dentro de uma perspectiva de uma Igreja que acolhe os seus filhos(as) que buscam seguir uma trajetória de fortalecimento da fé.

A família é para o catequizando um ponto de referência e um suporte essencial para soluções dos problemas de inserção na sociedade. Esta inserção é o resultado de um longo processo de maturação do adolescente que se desenvolve no meio familiar e comunitário, e na ação da catequese.

As trocas e questionamentos fazem crescer adolescentes, jovens, os adultos e a coletividade inteira, enquanto Igreja, corpo de Cristo que está em movimento. Além da imersão comunitária, a catequese é uma oportunidade de dialogar com a realidade familiar a luz da Palavra Santa que nos guia pelos caminhos da Salvação .

A definição da parceria na catequese é compartilhar um mesmo projeto, um projeto construído, um projeto onde cada um tem seu lugar, onde cada um guarda seu lugar. Nesta parceria é preciso saber reconhecer que o outro é complementar e que o resultado da soma dos atores (família e Igreja) pode servir ao projeto que foi coletivamente construído, que tem como base a ação de Deus na história de seu povo.

Podemos ilustrar esta parceria entre família e catequese:
O nosso trabalho na catequese precisa reforçar a Família, como berço da vida e da fé. Fortalecendo a família como espaço da experiência comunitária da fé e vida, aprofundando a reflexão sobre os critérios e princípios da doutrina cristã em relação à família.
Temos o desafio de estimular a família a assumir seu papel de educadora da fé cristã e realizar ações concretas para um trabalho conjunto entre catequese e família.
Esse texto foi enviado por Joel D. Benísio, da comunidade Santo Antônio da Cachoerinha - Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Alfredo Chaves - ES
Obrigada Joel pela sua colaboração,
que Deus o abençoe.

5 comentários:

Sandra Rossi disse...

Olá Clécia e Sandra,

vim conhecer o blog, parabéns pelo belo trabalho!

Vim tb agradecer por serem minhas seguidoras, tb já estou seguindo vcs e já acrescentei o blog em minnha lista de favoritos.

BJuS e fiquem com Deus!

luizene disse...

Cléia e Sandra, aadorei conhecer o trabalho de voces.Obrigada por nos ajudar tanto na evangelização dos pequenos e jovens.Um abraço Luize

ROSIENE disse...

NOSSO QUERIDO PAPA JOÃO PAULO II ,JÁ DIZIA QUE A CATEQUESE NA FAMÍLIA FEITA COM AMOR E RESPEITO MARCARÁ POR TODA A VIDA DA CRIANÇA,E QUE OS PRÓPRIOS PAIS SE BENEFICIARÃO DO ESFORÇO QUE ISSO LHES IMPÕE.

ROSIENE

Luciana Oliveira disse...

adorei seu blog. bjus

Luciana Oliveira disse...

adorei seu blog grata

Postar um comentário

Que a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo lhe acompanhem!
Seu comentário é precioso.
Muito obrigada!
Afetuosamente,
Clécia e Sandra

Related Posts with Thumbnails